Foto: Shutterstock

Fonte: CIO

Segundo nova pesquisa da companhia, oportunidade para a área de TI é tornar a tecnologia acessível para todos na companhia

Uma nova pesquisa realizada pela KPGM aponta seis passos que as empresas devem adotar para modernizar a função de Tecnologia de Informação (TI) e agregar valor ao negócio.

De acordo com o estudo em questão, intitulado “Criando o futuro – Novo papel de TI nas organizações”, os serviços realizados pelo setor de TI correm sérios riscos de ficarem ultrapassados, à medida que os parceiros dele utilizam cada vez mais a inovação nos negócios.

“As empresas estão se transformando digitalmente com sucesso. Não existe diferença entre estratégia empresarial e estratégia tecnológica. A oportunidade para a área de TI é tornar a tecnologia acessível para todos, fazê-la funcionar adequadamente e permitir que as equipes possam usá-la de maneira eficiente e criativa”, afirma o sócio da KPMG, Cláudio Soutto.

Segundo a pesquisa, as seis estratégias para as empresas modernizarem a TI e agregarem valor ao negócio são as seguintes:

· Reescrever o modelo operacional – Ao invés de ter uma estrutura homogênea, é preciso ter uma mix de sistemas adaptados para atender os objetivos da empresa. Agilidade é a chave do sucesso, sendo capaz de flexibilizar a entrega com base nas demandas do mercado e entender que nem todos os produtos precisam ser entregues na mesma velocidade.

· Investimento dinâmico – Mover-se na velocidade do mercado significa, também, que a mobilização de recursos, tanto em termos de dinheiro quanto de pessoas, precisa ser ágil também. As empresas que prosperam na era digital adotam alguns investimentos como adotar financiamento mais enxuto, descentralizar, delegar decisões e comunicar com transparência.

· Mão de obra flexível – Dentro do contexto de um novo modelo operacional, a mão de obra em TI será a principal facilitadora na empresa. O setor terá uma ampla oferta de empregos, enquanto aproveita a automação inteligente em áreas como service desk automatizada, engenheiros operacionais virtuais e aprendizado de máquina (em inglês,machine learning).

· Confiança do cliente – A TI encontra-se cada vez mais no centro da relação de confiança entre o cliente e a empresa, desde como os dados são usados e protegidos até como os produtos são desenvolvidos e implantados.

· Dados como ativo – As novas funções da área ajudarão as companhias a se reinventarem, a aumentar a cadeia de fornecimento e administrar dados. Elas poderão gerar informações para melhorar as operações comerciais e transformar a experiência do cliente.

· Entrega moderna de resultado – Uma empresa de TI conectada conta com o alinhamento de toda a cadeia de valor. Ao integra-se com outros setores como a engenharia e operações em equipes, elas criam uma cultura de colaboração focada nos resultados dos clientes e na velocidade que o mercado demanda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>