fbpx

ISO 38500 – Governança da TI para a organização

ISO 38500 – O que é?

Esta Norma é um norma orientativa, de alto nível e com base em princípios. Além de fornecer uma ampla orientação sobre o papel de uma estrutura de governança, incentiva as organizações a usar normas apropriadas para apoiar sua governança da TI. O objetivo desta Norma é fornecer princípios, definições e um modelo para estruturas de governança utilizarem ao avaliar, direcionar e monitorar o uso de tecnologia da informação (TI) em suas organizações. A boa governança da TI também auxilia as estruturas de governança a assegurarem a conformidade com as obrigações (regulamentares, legislativas, contratuais) quanto ao uso aceitável da TI.

Princípios

  • Responsabilidade
  • Estratégia
  • Aquisição
  • Desempenho
  • Conformidade
  • Comportamento Humano

Benefícios 

A boa governança da TI ajuda os órgãos governamentais a garantir que o uso da TI contribua positivamente para o desempenho da organização, por meio de:

  • inovação em serviços, mercados e negócios;
  • alinhamento da TI com as necessidades da empresa;
  • implementação e operação apropriadas de ativos de TI;
  • clareza da responsabilidade e responsabilização pelo fornecimento e demanda de TI na consecução dos objetivos da organização;
  • continuidade do negócio e sustentabilidade;
  • alocação eficiente de recursos;
  • boas práticas nos relacionamentos com as partes interessadas; e
  • realização efetiva dos benefícios esperados de cada investimento de TI.


ISO 38500 com a ASR

  • Diagnóstico Inicial
  • Plano de ações
  • Palestra/ Workshop
  • Consultoria
  • Definição de processos
  • Conscientização e institucionalização
  • Documentação de políticas, diretrizes e procedimentos
  • Avaliação de Monitoramento

1. Kick-off

  • Definição de escopo
  • Cronograma macro
  • Conscientização

Diagnóstico Inicial

Avaliação da situação atual

  • Políticas, diretrizes
  • Planejamento estratégico de TI
  • Gestão de aquisição
  • Avaliação de desempenho
  • Auditorias para verificação de conformidade
  • Mecanismos de capacitação

Planejamento

  • Plano de ações
  • Recursos humanos e materiais
  • Cronograma
  • Comunicação
  • Indicadores






Implementação

Definição (consultoria) e formalização (documentação) de processos

  • Políticas e diretrizes
  • Termo de confidencialidade e sigilo
  • Procedimentos
  • Controles


Capacitação

Conscientização (treinamento) nos processos definidos.

Avaliação de monitoramento

  • Verificação de evidências
  • Entrevistas com colaboradores
  • Relatório de avaliação de riscos de segurança

Open chat
Podemos te ajudar?